top of page

Aumento na conta de luz, não era "crise", era mais lucro para o setor privado



Em agosto de 2021, publiquei aqui um artigo sobre o aumento nas contas de luz, lá fazia uma reflexão sobre a motivação do aumento na conta de luz e sua relação com a condução da política econômica. Mais precisamente, a questão gira em torno da chamada "crise hídrica" ,ela ocorreu por consequências naturais ou foi causada por um gestão que privilegia os interesses de mercado?


Agora em 2022, um levantamento realizado pela consultoria Economática nos ajuda a entender como a "crise", resultou em significativo aumento nos lucros das empresas. Na pesquisa, foram levantados dados dos lucros de 39 empresas do setor de energia elétrica em 2021, em média o lucro mensal delas foi de R$4,5 bilhões mensais, superando os anos anteriores à pandemia. Esse valores são consequência das ações tomadas durante os anos de 2020 e 2021, com a gestão dos reservatórios reduzindo o volume de água e consequentemente produzindo a "crise", houve a necessidade de aumentar a demanda por energia do setor privado. O consumidor bancou o lucro dessas empresas com o aumento acumulado. em média, de 7,5% em todo país.


Mesmo com esses valores, está previsto para 2022 aumento de 16,88%, em média, nas contas de luz, segundo a ANEEL, ainda baseados no argumento de crise hídrica. Nesse sentido os efeitos de uma gestão da energia em prol do mercado, como foi apontado no artigo do ano passado, resulta em lucros exorbitantes para alguns e aumento dos custos para a maioria da população.


Guilherme Vasconcelos

Referências:

https://www.nucleojosedopatrocinio.com.br/post/aumento-na-conta-de-luz-crise-hídrica-ou-busca-por-lucros

66 visualizações0 comentário

留言


bottom of page